domingo, 15 de novembro de 2009

VALLE PRADINHOS BRANCO 2008

Região Trás-os-Montes
Produtor: Maria Antónia Pinto de Azevedo Mascarenhas
Enólogo: Rui Cunha
Castas: Gewurztraminer, Riesling e Malvasia Fina
Vol. Álcool: 13,5%
P.P.V.: +/- € 9,50

A Quinta de Valle Pradinhos está situada nas Montanhas Transmontanas, perto de Macedo de Cavaleiros, numa área de Portugal que iniciou a sua produção de vinhos em tempos medievais durante o nascimento da Nacionalidade Portuguesa.
Este vinho nasceu da paixão de um homem pelas castas Gewurztraminer, oriunda do norte da Itália mas que encontrou na região francesa da Alsácia o seu habitat de eleição e pela casta Riesling, a grande dama da Alemanha.
A este blend de castas estrangeiras juntou-se ainda a nossa bem conhecida casta Malvasia Fina, que vem conferir um cunho mais “nacional” ao seu conjunto aromático global.
Já andava à procura deste vinho há quase dois anos. Muito tinha ouvido falar dele. Só maravilhas e elogios. Tanto tempo esperei que… confesso, até já me tinha esquecido dele. Mas eis que o encontro, completamente sem querer, assim meio por acaso, se é que o acaso existe…?!
Com um nariz muito perfumado e intenso, este vinho mostra-nos toda a sua pujança aromática logo à entrada, sem medos nem complexos, remete-nos desassombradamente para refinadas e deliciosas sensações florais. Mas serão mesmo flores…? Ou serão as tão peculiares lichias típicas da casta Gewurztraminer a falarem mais alto? De seguida invadem-nos as suas notas de pêssegos, de alperces maduras e de mangas acabadas de laminar.
Com algumas notas cítricas e simpática mineralidade, este vinho possui também uma boca muito viva, com elevada frescura e um corpo médio mas robusto.
Com uma acidez desconcertante, este vinho detém um final de boca de grande persistência, com uma doçura floral nada enjoativa que teima em não nos largar!
Um branco ousado e invulgar, que sem grande dificuldade se impõe pela diferença e que eu saiba, sem qualquer semelhante à altura…                                       
Nota pessoal: 17

3 comentários:

Ricardo Campos disse...

estivemos juntos pelo menos numa prova da wine o clock, salvo erro a prova do poeira...

mas a o meu comentario é para te perguntar, onde arranjas o valle pradinhos?

kiss kiss

Ricardo Campos
www.falaecome.blogspot.com

OLGA CARDOSO disse...

Foi precisamente na Wine o'Clock de Matosinhos. Fui lá para comprar outro vinho mas quando vi este não resisti.

Também tem um blog? Vou já vê-lo. Até qualquer dia

NOSSO VINHO disse...

Olga, já conhecia teu blog. Você escreve muito bem e oferece descrições incríveis do vinho, algo que não faço bem. Para quem se define como amadora você manda muito bem.
Tenho alguns amigos virtuais de Portugal e espero poder incluir você.
Sucesso e vamos nos correspondendo por aqui.

paulo