domingo, 9 de dezembro de 2012

ADELAIDE TRIBUTA...um Porto pré-filoxérico!

Se há vinhos que resistem ao tempo e se engrandecem com o passar dos anos e mesmo dos séculos, se há vinhos que sofrem metamorfoses absolutamente extraordinárias, se há vinhos que tocam a perfeição e conseguem deixar rendido o mais incauto dos enófilos…o Adelaide Tributa é seguramente um deles!

Este Porto apresenta uma cor âmbar intensa e um aroma magistralmente complexo. Frutos secos, como figos, amêndoas e avelãs, especiarias várias, com destaque para a noz moscada e o cravinho e muito, muito cacau, tudo é possível encontrar no seu nariz profusamente aromático e requintado.                

Na boca mostra-se explosivo. Denso, untuoso, profundo, com uma acidez mordaz e acutilante e um final perfeitamente interminável.
O seu grau baumé de 13,7, indicia só por si, a sua já provecta idade. Segundo registos do produtor, estamos perante um vinho pré-filoxérico, que remonta a 1866 e provém de um lote original de cinco pipas. 

Século e meio de evaporação e uma conservação em ambiente favorável, reduziram-no a apenas duas pipas e conferiram-lhe uma concentração veemente e colossal.

Foi engarrafado numa série limitada de 1300 decanters originais de cristal, devidamente numerados e embalados numa caixa de madeira desenhada pelo Arquitecto Francisco Vieira de Campos. O seu preço, na ordem dos 3000 € a garrafa, fruto da sua qualidade e raridade, destina-o apenas a coleccionadores e apreciadores endinheirados.


Uma homenagem da Quinta do Vallado a D. Antónia Adelaide Ferreira, sua anterior proprietária e para sempre relembrada como a Ferreirinha, por alturas da comemoração do bicentenário sobre o seu nascimento.

Um vinho ímpar, aristocrático, tremendamente concentrado e complexo. Um Porto grandioso e sibilino, pleno de matizes e nuances, verdadeiro exemplar da excelência vínica que o Douro e o Porto poderão alcançar.

1 comentário:

João Silva disse...

Porto 5G (Five Generations) Very Old

Foram engarrafadas apenas 1200 garrafas deste vinho e apenas 300 garrafas são comercializadas. O 5G Century Old Port é um produto 100% português! Vinho do porto feito a partir das castas indígenas do Douro, aguardente vinica portuguesa, estagiou em cascos de castanho português. A garrafa foi feita manualmente e soprada numa das mais emblemáticas videiras de Portugal, a caixa de cerejeira foi artesanalmente produzida, a rolha é de categoria flor, tudo isto desenhado pela reconhecida designer portuguesa Rita Rivotti.

Isto é algo de excecional. Está à venda na www.wivini.com por 1 250,32 € .
Mas vale o esforço de um colecionador para o ter e valorizá-lo. Pode valer mais 50% dentro de breves anos.

http://www.wivini.com/index.php/porto-5g-five-generations-very-old.html